Em sua primeira edição, ‘Comunidade Solidária’ leva cidadania ao bairro do Cruzeiro

Publicado em: 30 ago 2017

Em sua primeira edição, ‘Comunidade Solidária’ leva cidadania ao bairro do Cruzeiro

O programa Comunidade Solidária desembarcou nesta terça-feira, 29, no bairro do Cruzeiro. Em sua 1ª edição, a iniciativa do Governo do Município de Poço Verde, coordenada pela primeira-dama do Município, Claudia Oliveira, consiste na oferta de serviços e informações das secretarias aos cidadãos do município, garantindo o acesso universalizado aos direitos sociais, na perspectiva da proteção social básica e especial.

Mensalmente, o ação ocorrerá na última semana do mês, no município “Hoje acontece o primeiro de muitos que virão. Em cada bairro queremos passar duas vezes ao ano”, disse a primeira dama, há pouco, durante a solenidade de abertura, representando o prefeito Iggor Oliveira, o qual prestigiará ainda na tarde de hoje os trabalhos, culminando com a entrega do Sopão Cuminitário.

Já a secretária Municipal da Assistência Social, Stelinha, cumprimentava a todos, encaminhando-os até os stands. “Vamos passar o dia aqui com muita alegria. Encerraremos os trabalhos com a entrega do Sopão, que estamos preparando especialmente para vocês”, destacou.

CIDADANIA – A diretora da Escola Estadual Antônio Muniz de Souza, Liliane Santos, agradeceu a primeira dama pela iniciativa. “Vocês adivinharam a nossa necessidade: cidadania para os alunos e pais. Quando fui procurada não pensei duas vezes: abracei a ideia. Estou diretora e sempre percebi que esse bairro era esquecido desse tipo de ação. Tenham a nossa escola como parceira”, disse Liliane.

O motorista João Batista Alves dos Santos, 41 anos, festejado aniversariante do dia, aproveitou para cortar o cabelo. Para ele, a Comunidade Solidária em seu bairro é motivo de alegria. “Tô aniversariando hoje e já ganhei meu presente. Vim cortar o cabelo ‘0800’ com o cabelereiro Samuel Oliveira. Iniciativa muito boa, porque hoje muitas pessoas estão desempregadas, e aqui estão encontrando várias ações gratuitas”, declarou.

A dona de casa Maria do Carmo dos Santos, 65, aproveitou o estande de triagem e ferição da pressão da Secretaria Municipal de Saúde-SMS para medir a pressão, altura e peso. “Moro bem aqui do lado – Rua Pedro Rocha Sobrinho. Quando soube dessa ação – bem pertinho de mim, vim logo. Aqui é mais perto, ao invés de ir a Clinica lá do outro lado da cidade. Medi a pressão. To boa toda!”, exclamou sorrindo.

Ainda no estande da SMS, a jovem Katia Santos Santos, 28, moradora do Xique Xique, também aproveitou para fazer o exame, e ainda, levou as três crianças para consulta com o médico Dr Vinicius. “Nunca teve isso aqui em nosso bairro. Tão de parabéns a primeira dama Claudinha e o prefeito Iggor Oliveira”, afirmou.

SERVIÇOS – O projeto é uma construção coletiva de três políticas: a assistência, saúde e educação. Desde o início da manhã até o final da tarde de hoje, a população local terão acesso a uma série de serviços gratuitos: de saúde, educação e beleza, além da emissão, de forma gratuita, da carteira de identidade.

“Tava há 13 anos com minha identidade vencida. Hoje mesmo ia pra Simão Dias troca-la, quando soube que aqui encontrava o serviço, sair as carreira da Rua Paulo Santos, onde moro, e aqui estou resolvendo. No sábado, tirei as fotos 3×4, mas quando cheguei aqui vi que também é gratuita. Tá de parabéns os realizadores desse excelente projeto”, acrescentou Jocilene Silva Santos.

No Comunidade Solidária é possível obter informações sobre a exploração sexual infantil, realização de diversas palestras e oficinas, orientar a população sobre o consumo de álcool e outras drogas, além de outros serviços que contemplam crianças e adultos, a exemplo de as ações de saúde bucal, com orientações sobre a prevenção contra a cárie, a consulta do Bolsa Família e do Cadastro Único, para fazer sua atualização cadastral e se informar sobre as condições necessárias para ter acesso ao programa.

Edições futuras
O ´Comunidade Solidária´ ainda percorrerá os bairros da Vaquejada, Fazendinha, Conjunto Antônio Carlos Valadares, além dos Povoados Tabuleirinho, São José, Saco do Camisa, Rio Real e Lagoa do Junco.

O projeto é desenvolvido em parceria com as Secretarias Municipais: da Assistência Social, da Educação, e da Saúde, Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS, além do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo – SCFV/AEPETI, que atua no atendimento a crianças, adolescentes e idosos.

COMUNIDADE/ESCOLA – “Na atualidade a educação abrange um campo amplo na perspectiva da formação do cidadão, com o objetivo de qualificar sua vida, perparsando pela educação corporal, onde devemos estar atentos aos sinais que nosso corpo emite, pois ele “fala”, concluiu a secretária Adjunta da Secretaria de Educação, Kátia Cristina, desenvolvendo várias dinâmicas com o público presente, com o objetivo de promover a interação entre comunidade e escola.

Presenças
Dos vereadores: Pedro de João Rodrigues, Damares, Gilson Rosário, Leo de Fonsinho e Rivan Francisco, dos secretários municipais, diretores de escolas da rede municipal e estadual de ensino, professores e moradores do Xique Xique e Cruzeiro.

Compartilhe isso: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn