Gestores e técnicos participam do VI Encontro do Pró-Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Real

Publicado em: 25 ago 2017

Gestores e técnicos participam do VI Encontro do Pró-Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Real

O Governo do Município de Poço Verde promoveu nesta quinta-feira, 24, o VI Encontro do Pró-Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Real. O evento reuniu prefeitos, vereadores e técnicos da área de meio ambiente e foi realizado na Creche Josefa Ferreira dos Santos.

“Aqui em Poço Verde nasce o rio Real. Então, nasce hoje a esperança da efetivação do nosso Comitê”, disse o anfitrião, prefeito Iggor Oliveira, conclamando a união de todos os prefeitos presentes.

Agência Nacional das Águas
De acordo com o Secretário Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável, Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Gileno Alves, o encontro teve como objetivo principal apresentar para Agência Nacional das Águas – ANA, o diagnóstico da situação dos recursos hídricos da bacia hidrográfica do Rio Real. Na ocasião, o Coordenador de Instâncias Colegiadas do SINGERH/ANA, Ney Albert Murtha, discorreu sobre o papel institucional e procedimentos para criação de um Comitê da Bacia Hidrográfica.

“O compromisso da ANA é estruturar o Comitê através de encaminhamentos. Cada um de nós somos os maiores fiscalizadores de água. Portanto, precisamos cooperar e trabalhar com ação. Ninguém melhor do que vocês – da nascente, que conhecem os principais problemas para dizer como querem. A ANA não cria Comitê, se manifesta através de critérios e sustentabilidade”, esclarece Ney Albert.

Sergipe/Bahia
Ailton Francisco da Rocha, da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, falou sobre o diagnóstico da situação dos Recursos Hídricos na Bacia Hidrográfica do Rio Real no Estado de Sergipe. Na oportunidade, o secretário Olivier Chagas, representando o Governo do Estado, considerou o Comitê como o ‘o anjo de guarda’. “Estamos aqui preocupados com um bem precioso: água. Pois, água é vida”, frisou.

Sobre o diagnóstico da situação dos Recursos Hídricos na Bacia Hidrográfica do Rio Real no Estado da Bahia, Larissa Cayres, do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos – INEMA/BA, acrescentou: “Sem os municípios não vamos conseguir fazer nada. Precisamos da colaboração de cada uma de vocês”.

Perfuratriz
Prefeito por três vezes de Poço Verde, atualmente Delegado Federal da Agricultura do Estado de Sergipe, José Everaldo de Oliveira, contribuiu com o debate, se colocando à disposição dos prefeitos, através da viabilidade de máquinas perfuratrizes. “Pisamos em água, mas não somos capazes de nos organizar. Vocês mobilizadores adotem essa sugestão: precisamos dar um direcionamento operacional para as perfuratrizes que dispomos, através desse Comitê”, pontuou.

Conhecendo para melhor conviver
Os professores poço-verdenses – a bióloga Jobeane França e geógrafo Giseldo Rabelo, do Colégio Estadual Professor João de Oliveira, falaram com conhecimento de causa sobre o rio Real, haja vista, que há um bom tempo vem desenvolvendo trabalhos nessa área.

“Falar da nascente é falar sobre nós poço-verdenses. É aqui que nasce o nosso rio. Desde 2013, que estamos preocupados com ele, a começar pela nascente, através de pesquisas de conscientização”, disse Jobeane, apresentando a cartilha intitulada: “O Rio Real no município de Poço Verde: conhecendo para melhor conviver”, convocando a todos pelo reflorestamento do rio.

Reflorestamento
De pronto, o prefeito Iggor Oliveira se colocou à disposição para a promoção do reflorestamento, assim como também o fez o prefeito Antônio Alves ‘Carroça’ de Rio Real/BA, que incumbiu a secretaria de Educação do seu município na promoção e reprodução de alguns exemplares da citada cartilha.

Revitalização
O prefeito da cidade de Tomar do Geru, Pedrinho de Balbino, enfatizou que é através do encontro de hoje, que se começa a construir uma nova história para o rio Real. Balbino ainda ressaltou a importância da revitalização. “Na luta pelo meio ambiente estamos hoje onde nasce, de fato, a possiblidade do nosso Comitê, e claro, apresentando a ANA esse diagnostico, que pela primeira vez vem participar das nossas discussões”.

Tempo de inovar
Para o prefeito de Indiaroba, Adinaldo Santos, o tempo nosso é o tempo de buscarmos na sabedoria de gestores que se destacaram, citando o ex-prefeito Everaldo, quando da criação do Fundo Municipal de Aval. “Estamos no tempo de inovar, de fazermos diferente. Fazermos ações voltados para as nossas comunidades. Iggor Oliveira tem sido uma grande revelação, uma superação permanente”, reconheceu.

Nascente
Logo após o encontro, os participantes tiveram a oportunidade de conhecer “in loco” a nascente do Rio Real, na Fazenda São Francisco, no município de Poço Verde, com plantio de árvores nativas pelas autoridades e membros do Pró-Comitê e definindo que o VII Encontro acontecerá no dia 27 de outubro na cidade de Adustina/BA.

Presenças
Prefeitos da Bahia: Sorria – de Fátima, Antônio Alves ‘Carroça’ – de Rio Real, Magno Ferreira – de Itapicuru, Germano Santana – de Ribeira do Amparo, Paulo Sérgio – de Adustina, e Beto – representando o prefeito Ildinho de Heliopolis.

Prefeitos de Sergipe: Pedrinho de Balbino – de Tomar do Geru e Adinaldo Nascimento – de Indiaroba.

Vice-prefeito Roberto Barracão, Edvaldo Ribeiro – Superintendente do Consórcio Público de Saneamento Básico de Resíduos Sólidos do Sul e Centro Sul Sergipano – CONSENSUL, do Secretário de Estado do Meio Ambiente do Governo de Sergipe, Oliveir Chagas, Rob Roy Silva Pontes – Coordenador Técnico do INEMA/BA, Carlos Romero Oliveira Carvalho – Coordenador Estadual do Comitê da Reserva da Biosfera Caatinga CERBAAST/BA e Vagna Monteiro – Mobilizadora do Pró-Comitê.

Vereadores: Jaci de Silvino, Damares Cavalcante, DII de NILO, João Ramalho, Gilson Rosário, Pedro de João Rodrigues, Rivan Francisco e Leo de Fonsinho, além dos secretários municipais da cidade de Poço Verde e dos municípios que compõem o Comitê.

  

Compartilhe isso: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn