Prefeito comparece ao lançamento do livro do advogado Denisson Curvelo

Publicado em: 8 ago 2017

Prefeito comparece ao lançamento do livro do advogado Denisson Curvelo

O prefeito Iggor Oliveira compareceu na noite desta segunda-feira, 7, ao lançamento do livro “Voto Facultativo, um atributo da Soberania Popular”, de autoria do conterrâneo poço-verdense, advogado Denisson Curvelo. O evento ocorreu na Sede da OAB Sergipe, e contou com a presença de juristas, amigos e escritores.

Na obra, o autor aborda o tema que vem ganhado espaço no dia a dia do brasileiro e sendo debatido em diversos setores da sociedade. Para Denisson, a ideia de ter no ordenamento jurídico brasileiro o “voto facultativo” como regra constitui o desejo daqueles que veem no regime democrático um modelo de governo em que se privilegia a soberania popular.

Crise de representatividade
Ainda de acordo com autor, tal abordagem torna-se ainda mais relevante nos dias atuais, quando da evidente crise de representatividade enfrentada no país, estimulada pelos recentes escândalos de corrupção na política, que tem lançado luz sob as discussões em torno da democracia e das diversas formas de participação popular.

“Ao discutir o assunto, de maneira crítica e fundamentada, proponho a conversão do voto obrigatório em facultativo como forma de manter vivo o engajamento social nas eleições”, disse o autor.

Voto Facultativo
Na oportunidade, o prefeito Iggor Oliveira, externou o seu pensamento positivo sobre a faculdade no direito de votar e na evolução dos entes federados acerca da Transparência com os Recursos Públicos e na crença da população em gestões comprometidas com o futuro do país.

“Acredito demais no potencial de Denisson e, sem dúvidas, ele se destacará substancialmente no Direto e na Literatura, especialmente, jurídica”, disse o Iggor Oliveira, acompanhado da primeira dama, Claudia Oliviera, do filho Bernardo, do ex-prefeito Everaldo, e da Secretária Municipal da Assistência Social, Stelinha, dentre outros cidadão de Poço Verde que foram prestigiar o ato.

Compartilhe isso: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn