VII Conferência Municipal de Assistência Social

Publicado em: 1 ago 2017

Palestra, Discussões, Propostas e eleição de delegados marcam Conferência Municipal de Assistência Social de Poço Verde

Na manhã desta segunda-feira, 31, foi aberta oficialmente a VII Conferência Municipal da Assistência Social, promovida pelo Conselho Municipal de Assistência Social e Secretaria Municipal de Desenvolvimento Comunitário, da Assistência Social e do Trabalho.

O evento apresenta o tema ‘Garantia de Direitos no Fortalecimento do SUAS’ e acontece no Espaço da Creche Josefa Ferreira dos Santos. As propostas estão baseadas em quatro eixos temáticos:

‘A proposta social não contributiva e o principio da equidade como paradigma para a gestão dos direitos socioassitenciais’; ‘Gestão democrática e controle social: o lugar da sociedade civil no SUAS’; ‘Acesso às seguranças socioassitenciais e a articulação interserviços, benefícios e transferência de renda como garantias de direitos socioassitencias’; e ‘A legislação como instrumento para uma gestão de compromissos e corresponsabilidades dos entes federativos para a garantia dos direitos sócio assistenciais’.

Grupos
Houve trabalhos em grupos para discussões dos Eixos e construção de considerações para o município, e propostas para o Estado e a União.

Após apresentação dos trabalhos de Grupos na Planária Final serão eleitos seis delegados para participarem da Etapa Estadual da Conferência, sendo três representantes do Governo e três representantes da Sociedade Civil, dentre eles trabalhadores e usuários do SUAS.

A presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, Gilvanete Bispo, a popular Conselheira Bia, ressaltou a importância da Conferência e avaliou positivamente.

“O evento está acontecendo dentro do que estava previsto, com debates e discussões de propostas a serem encaminhadas à Sergipe. Agradeço aos presentes e aproveito para parabenizar a população que assimilou o convite e aqui está”, disse Bia.

A secretária Municipal de Desenvolvimento Comunitário, da Assistência Social e do Trabalho, Claudia Oliveira, participou da abertura dos trabalhos e destacou a importância da construção de um novo olhar para a Assistência Social.

Já o vice-prefeito Roberto Barracão, representando o prefeito Iggor Oliveira, comparou que o Brasil não é mais só reconhecido pelo samba e pelo futebol, mas pelas políticas de inclusão, assistência e desenvolvimento social.

Palestras
O tema “Garantia de Direitos no Fortalecimento do SUAS e II Plano Decenal da Assistência Social”, coube as palestrantes Izabela Almeida e Franciele Mesquita discorrer. “Não é hora de pedir, e sim, de garantir. Hoje a gente dorme com o direito, e acorda sem. O que vamos discutir aqui será encaminhado a Conferência Estadual, que envia a nacional. Precisamos valer a sua voz”, disse.

Izabel Almeida, também palestrante, falou sobre o mesmo tema, enumerando o comodismo das pessoas que utilizam as redes sociais para cobrar, reivindicar, mas fica em casa de braças cruzados. “Temos que ir a luta. Muitos cobram nas redes sociais, expressa suas angustias, mas cruzam os braços”, acrescentou, conclamando a todos a serem mais proativos, através de uma participação efetiva e menas hipocrisia.

A conferência prossegue ao longo do dia. Os conferencistas selecionarão 12 propostas para compor o relatório final a ser encaminhado à XII Conferência Estadual de Assistência Social, que acontecerá em Aracaju.

Presenças
Dos vereadores Gilson Rosário e Rivan Francisco, do secretário Municipal de Obras e Urbanismo, vereador Dii de Nilo, da secretária Municipal de Articulação Política, Adriana Souza, da coordenadora do CAPS I, Jocassia Santos, e de Sara Nascimento, Consultora de Assistência Social.

Venha. Ainda está em tempo de contribuir com a sua participação!

Compartilhe isso: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn