Morador há 35 anos da Avenida Capitão José Narciso, o cidadão Antônio Rodrigues, o popular “Zabelê”, não arredou o pé na manhã desta sexta-feira, 22, enquanto não viu toda estrutura do mercado municipal ir abaixo. O mesmo ocorreu com quem passava pelo centro comercial da cidade. Afinal, quem teve a oportunidade de acompanhar de perto a demolição, se emocionava. “Que visão estou tendo agora!”, exclamava um dos comerciantes da área.

RECURSOS PRÓPRIOS – De acordo com o secretário Municipal de Obras e Urbanismo, Bruno Leonardo, com recursos próprios, foi possível direcionar parte da equipe da Secretaria, uma retroescavadeira contratada, um trator de esteira e algumas caçambas para demolição e retirada dos entulhos.

ENTULHO SERÁ APROVEITADO – Para melhoria de acesso ao lixão, tendo em vista que no período das chuvas o caminhão coletor tem dificuldade de acesso ao local. Uma outra parte será usado nas proximidades da nação da Avenida Tobias Barreto reforçando o desvio das águas que invade as casas daquele logradouro.

PRAÇA MODERNA – A meta agora é a construção de uma praça moderna que possa promover um ambiente de convivência para a população. “Depois de interligarmos as duas principais avenidas – Capitão José Narciso e Epifânio Dórea, estamos agora atendendo a um antigo pleito do povo – a demolição, para uma melhor destinação desse espaço”, destacou o prefeito.

EVENTOS FESTIVOS – Adiante, Iggor Oliveira, festejado aniversariante do dia, recachou: “Erradicamos o perigo que se instalava nesse prédio completamente abandonado por aqueles que me antecederam, cuja meta é utilizarmos para realização das nossas festas”, concluiu.

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

Seu Email não será publicado. Campos marcados com (*) são obrigatórios.

Accessibility